quarta-feira, 24 de setembro de 2008

DIAS DE LOUCURA...

Dei uma sumida né? Mas estou de volta!

Cansei de fazer pesquisas e tô tentando tocar minha vida normalmente, mas tudo se transformou ao meu redor, pelo menos na minha cabeça.

Passei a ver o mundo com os olhos de quem tem os dias contados, e garanto a vocês, é triste. Sei que estou exagerando (espero que sim!) mas nesse momento todas as possibilidades me rondam.

Os dias estão mais bonitos, tenho tratado todas as pessoas melhor do que já tratava, cuido da minha casa e do meu marido com uma dedicação enorme, enfim, tudo tem mais graça, mais importância. E a idéida de me afastar de tudo isso é um tormento.

Outra coisa que me angustia é a possibilidade da minha família sofrer. Fico imaginando meus pais, meus amigos sofrendo por mim, que horror né gente? Eu sei que não posso pensar assim e por isso comecei a me agarrar mais e mais com Deus. E como sempre funcionou, encontrei em Deus a paz e a serenidade que eu preciso.

Acabei de chegar de um culto da Igreja Adventista. Foi lindo. O encontro com Deus é sempre uma maravilha. Saí de lá renovada, o coração cheio de esperança. Mas as dúvidas ainda me rondam...

Bom, por hoje é isso. Vou aproveitar a paz que me envolve e tentar dormir. Beijokasss a todos!

domingo, 21 de setembro de 2008

A CONSULTA DE EMERGÊNCIA

Quando entrei no consultório ele me olhou com a mesma cara do outro GO. Mostrei o exame e ele falou tudo que eu já havia pesquisado até de madrugada... e me mandou procurar um Neurologista pra investigar melhor.

Saí do consultório desolada. Olhava pra o mundo como se estivesse me despedindo dele. Foram momentos de loucura mesmo...

Vou me enfiar nas minhas pesquisas... e tentar não afogar o computador em lágrimas. Meu marido tá aqui comigo mandando eu ficar calma, mas quem disse que eu consigo??. Já marquei o Neurologista mas só consegui vaga pro dia 06 de outubro.

Como o GO não verificou colesterol, glicose, etc., marquei um Clínico Geral pro dia 08 e vou pedir um check-up, inclusive cardíaco. Já que é pra investigar, vamos investigar tudo logo de uma vez. Darei notícias.

sábado, 20 de setembro de 2008

RESULTADO DA TOMOGRAFIA

O pânico tomou conta de mim. Fiz a Tomografia com a tranquilidade de quem tinha certeza que não seria nada demais. Para minha surpresa, o resultado apresentou LESÃO NA HIPÓFISE. Eu tenho um tumor.

Com o resultado em mãos saí do hospital aos prantos em direção ao carro onde meu marido me esperava. Mostrei pra ele que, tranquilo como sempre, tentou me acalmar e disse que tudo ia dar certo. Eu, desesperada como sempre fui, já achei que ia morrer. Sei que é exagero, mas é que o resultado dizia algo tipo LESÃO DE HIPÓFISE EXPANSIVA etc etc. Enfim, meu medo é que seja uma lesão crescente, sei lá...

Liguei pra minha amiga Eliana que acabou de passar por um tratamento de saúde sério e perguntei se ela me indicaria um Endocrinologista, eu queria ir em um no mesmo momento. Meu marido me deixou na casa dela e de lá fomos a um GO na emergência de um outro hospital (não consegui Endo imediato). O GO me atendeu com cara de "isso não é uma emergência". E não era mesmo, era só desespero... Ele me falou tudo que eu já sabia, tudo que havia lido nos sites, me mandou ficar tranquila e procurar meu GO.

Não consegui vaga imediata pro Dr. João Ricardo mas descobri que ele está de plantão amanhã de manhã na emergência do Santa Lúcia. Às 8:00 em ponto estarei lá!

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

A TOMOGRAFIA

Que exame chato... Entrei num tubo estreito e branco, numa sala geladíssima. Ainda bem que eles nos dão um cobertor bem grosso, mesmo assim ainda senti frio. A tomografia era com contraste, daí eles colocam um líquido na veia que entra esquentando tudo kkk. Sério gente! Eu senti o líquido queimando meu braço e depois senti ele espalhando dentro de mim, passando pelo coração, subindo pra cabeça e descendo até nos países baixos rsrsrs. Estranho, mas pelo menos não dói...

Pra quem tem claustrofobia aconselho não abrir os olhos de jeito nenhum, porque eu abri e a sensação é de que está muito apertado (e está mesmo rs).

Vocês já notaram que tudo que eu aconselho vocês a não fazer eu faço ou já fiz? kkkk
Bom, agora é esperar o resultado! Orem por mim!! Beijokassssss

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

MEUS SINTOMAS

Dos sintomas que se tem quando a Prolactina está alta eu só tenho alterações do ciclo menstrual, dor de cabeça e diminuição do apetite sexual.

Minha menstruação nunca foi muito certa mesmo, a dor de cabeça era chata mas não era forte e a diminuição da libido eu achava que era por cansaço do trabalho. Se não fossem os exames eu nunca ia imaginar que estivesse com alguma alteração hormonal, por isso é sempre importante procurar um bom médico assim que você começar a pensar sério em engravidar.

No caso da Prolactina por exemplo, eu podia estar menstruando, achando que estava tudo certo, fazendo tentativas de engravidar e perdendo tempo sem saber se estava ovulando ou não, pois Dr. João Ricardo me explicou que mesmo menstruando podemos não estar ovulando, por isso é importante baixar a prolactina pois sem ovular não tem como engravidar...

Assim que ele me passar o remédio já começarei logo. A previsão é de um tratamento de cerca de três meses. Beijokasssss

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

O NOVO GINECOLOGISTA

Gente, a indicação foi perfeita. O GO é ma-ra-vi-lho-so! esse eu indico: Dr. João Ricardo, atende na Clínica da Mulher, no Hospital Santa Lúcia. Não sei porque mas me sinto melhor com médicos. Acho que minhas experiências com as médicas nunca foram as melhores mesmo... Na minha opinião a escolha de um GO não pode ser aleatória. É uma coisa que ninguém pode fazer por você. Podem até te indicar um, como foi o meu caso, mas só você poderá saber se ele será o ideal pra você.

O critério que eu usei foi ir em algum médico indicado por alguém de confiança, que eu me sentisse a vontade, que prestasse atenção em tudo que eu dissesse, que não fosse apressado, que tirasse todas as minhas dúvidas pacientemente (são dezenas!) e o mais importante: alguém com quem eu pudesse estabelecer uma relação de confiança e parceria. Afinal, esse médico será o diretor do meu maior espetáculo, não pode ser qualquer um. Não mesmo.

Minha consulta com Dr. João Ricardo foi ótima, longa, detalhada, como eu precisava. As pesquisas na internet são ruins porque nos deixam impressionadas e amedrontadas com as possibilidades, mas tem seu lado positivo: na consulta eu já sabia direitinho o que ia perguntar.

Ele me explicou que como a minha Prolactina não está tão elevada (53 ng/ml), dificilmente eu teria um tumor de hipófise, pois a pessoa que tem esse tumor geralmente tem a prolactina bem acima de 100 ng/ml (se você está nesse nível não entre em pânico! eu disse geralmente, não sempre ok?).

Por segurança ele não me passou nenhum remédio e me mandou fazer uma Tomografia da Célula Túrcica, pra ver como estava minha hipófise e descartar a possibilidade de tumor (assustou? leia o post anterior pra entender). Feito isso ele me passará um remédio para baixar a Prolactina.

terça-feira, 2 de setembro de 2008

A PROLACTINA

Como já disse antes, minha Prolactina deu alterada. A taxa normal fica entre 0 a 25 ng/ml.

Abaixo seguem informações sobre a Prolactina, pelo Dr. Geraldo Santana, médico endocrinologista, tiradas de uma das minhas pesquisas:
http://www.endocrinologia.com.br/html/prolactina.htm


O QUE É PROLACTINA?
A prolactina é um hormônio produzido pela glândula hipófise, que estimula a produção de leite pela mama no período da amamentação.

O QUE É A HIPÓFISE?
É uma glândula do tamanho de uma ervilha, localizada na base do cérebro logo atrás dos olhos numa região chamada sela túrcica. Além da prolactina, ela produz vários outros hormônios que estimulam o crescimento, a contração do útero, o volume da urina e controla o funcionamento de outras glândulas endócrinas como a tireóide, a supra-renal, os ovários e os testículos.

O QUE CAUSA A PROLACTINA ELEVADA?
Durante a gestação e amamentação é normal o aumento da prolactina. Fora destes períodos, se a dosagem de prolactina no sangue estiver elevada, pode ser o indício de algum problema. Entre as causas mais freqüentes dessa elevação são o hipotireoidismo não controlado, o uso de alguns medicamentos, estresse, ovário policístico e tumores benignos da hipófise. Atualmente, exames como a tomografia computadorizada e a ressonância nuclear magnética têm sido muito utilizados pois permitem o estudo da hipófise e contribuem para o diagnóstico. Em alguns casos, entretanto, apesar do nível do prolactina estar elevado, pode não ser possível identificar uma causa orgânica.

QUE SINTOMAS PODE APRESENTAR A PESSOA COM PROLACTINA ELEVADA?
Mulheres podem apresentar galactorréia (secreção de um líquido leitoso pela mama), alterações do ciclo menstrual, dor de cabeça, alterações visuais, diminuição do apetite sexual e infertilidade. Homens podem apresentar diminuição do apetite sexual, impotência, dor de cabeça, infertilidade e alterações visuais. Algumas vezes, o aumento da prolactina pode não manifestar nenhum sintoma.

O QUE É BIG PROLACTINA OU MACROPROLACTINA?
É um tipo diferente de prolactina, presente em alguns indivíduos, que causa um aumento nos resultados dos exames de prolactina, mas é uma situação benigna, que não causa sintomas e não necessita de tratamento. A dosagem da big-prolactina permite o esclarecimento desta condição.

E COMO É O TRATAMENTO?
O tratamento depende da causa e geralmente é clínico. Na maioria das vezes, o uso de medicamentos permite um controle adequado, até mesmo em casos de prolactinomas (tumores produtores de prolactina). Eventualmente, entretanto, pode ser necessário o tratamento cirúrgico ou com radioterapia.

* * * * *

Também fiz dezenas de pesquisas no http://www.e-familynet.com
Recomendo esse site porque lá existem centenas de fóruns sobre todos os assuntos possíveis, muito interessante pra nós, "treinantes", como eles costumam chamar as futuras mamães. Daqui a oito dias será a minha consulta. Continuo aguardando. E pesquisando...

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

OS RESULTADOS

Eu tenho uma mania terrível de pegar resultados de exames (ou até mesmo sintomas) e ficar pesquisando na internet pra saber o que é ou o que significa. Conselho: NÃO FAÇAM ISSO. NUNCA!! Eu fiz, por isso mesmo não aconselho...

Hoje peguei os resultados. Tudo normal exceto um hormônio chamado PROLACTINA que deu alterado. Pesquisei na internet quais os possíveis motivos que geram essa alteração e quase enlouqueci em frente ao computador. Tive uma crise de choro atrás da outra. Meu marido me diz que é exagero mas eu li dezenas de sites e não vou sossegar enquanto não tiver certeza do que está acontecendo.

Acho que todo mundo que faz tantos exames (alguns inéditos) fica meio apreensivo. Eu fiquei, afinal minha primeira vez há uns 15 anos atrás foi sem camisinha... fui olhar o resultado do HIV com um medo danado, por mais improvável que fosse, mesmo assim tive medo, mas graças a Deus tudo está normal.

Agora é aguardar o dia da consulta. Vou tentar ficar tranquila.

  ©Template designer adapted by Ana by anA.

Essa página é hospedada no Blogger. A sua não é?